Por que usar PHP?

Você quer aprender PHP e alguém disse que seria melhor buscar outra opção porque PHP é uma linguagem que só serve para fazer “sitezinhos”?

Eu tentarei mostrar pra você neste post que as coisas não são bem assim e que muitas pessoas se baseiam em falsos argumentos para tentar desqualificar o PHP.

Infelizmente esse tipo de coisa existe, mas fazer o que? PHP é quem faz a web ser o que ela é hoje, contra fatos não há argumentos.

Você já ouviu falar no Facebook, WordPress.com, Yahoo e Wikipedia né? Pois é, todos usam PHP.

Mas não é somente pelo fato de esses grandes players usarem PHP que a linguagem domina a web, veja só:

  • PHP está entre as linguagens mais usadas no mundo e desde 2004 está entre as mais usadas no mercado de desenvolvimento web.
  • Aproximadamente 244 milhões de sites são desenvolvidos em PHP.
  • PHP é usado Aproximadamente em 81.5% dos sites.
  • A esmagadora maioria dos serviços de hospedagem suportam PHP.
  • WordPress é usado por 25.1% dos websites disponibilizados na internet.
  • É multiplataforma.
  • É open-source.
  • É rápida.
  • Fácil de aprender.
  • Integrada com a web, afinal ela evoluiu junto com esta plataforma.
  • Tem uma comunidade grande e ativa.
  • As ferramentas para trabalhar com PHP são grátis e/ou abertas ou não possuem um alto custo de aquisição.
  • Suporta a maioria dos bancos de dados usados no mercado.
  • O ecosistema do PHP é fantástico.
Além do PHP ser uma plataforma excelente, ele tem o mascote mais bonito :)
Além do PHP ser uma plataforma excelente, ele tem o mascote mais bonito :)

Mas o que o PHP oferece aos programadores?

PHP oferece recursos que são utilizados em diversos paradigmas de programação como:

  • Programação estruturada – Apesar de não ser recomendado usar este paradigma atualmente, a linguagem oferece o suporte para ser usado caso necessário.
  • Programação Funcional – Funções anônimas com suporte a closure, bind de funções a variáveis, recursividade, entre outras.
  • Programação Orientada a Objetos – Namespace, Classes, Classes Abstratas, Interfaces, Clonagem, Herança, Exceptions, Constructors e Destructors, entre outras.
  • Metaprogramação – API de Reflexão e métodos mágicos como __toString(), __sleep(), __wakeup(), __clone(), __invoke(), __set(), __get(), entre outras. Eu apresentei uma palestra sobre Metaprogramação na PHP Conference Brasil de 2012 e os slides estão disponíveis aqui.

E tem mais

__(igual nas propagandas da Polishop)__

O PHP 7 está batendo na porta (no momento em que escrevo este post ele ainda não foi lançado, está em uma versão Release Candidate) e ele trará recursos novos para a maioria dos paradigmas citados acima e também melhorará bastante a performance. Em breve espero escrever um post somente sobre esta versão.

Ecossistema PHP

Mas não é só a linguagem que torna uma tecnologia/plataforma bem sucedida, o ecossistema ao redor dela também faz muito a diferença e é nesse ponto que vou entrar agora.

Gestão de Dependência

Composer é o padrão de facto neste ponto. Com o Composer + Git você, nobre desenvolvedor PHP pode gerenciar facilmente as dependências do seu projeto evitando problemas quando trabalha com uma equipe ou quando faz o deploy de seu projeto para ambientes de testes, homologação ou produção.

Eu já trabalhei com outras linguagens como Java e .NET e posso arriscar a dizer que o PHP possui um gestor de dependências melhor que muitas outras linguagens.

Frameworks

Nós desenvolvedores estamos bem servidos de frameworks como o Zend Framework, Symfony, Laravel, entre outros.

Cada qual possui suas características que o diferem entre si permitindo que seja adotado o framework mais adequado ao projeto.

Apoio de grandes empresas

Hoje o PHP recebe apoio de diversas empresas como Microsoft que já trabalhou com a Zend para melhorar o suporte ao PHP em sua plataforma, Oracle, IBM, Google que passou a oferecer suporte ao PHP no Google App Engine, Red Hat com Openshift, entre outras.

Comunidade

Acredito que no Brasil exista grupos de usuários em todos os estados do Brasil, aqui eu vou destacar alguns e caso o do seu estado não esteja presente, uma simples pesquisa te ajudará a encontrar-lo:

Padronização

A comunidade criou o PHP-FIG e as PSRs, eu falei sobre isso no post: “O que é PSR?

Eventos

Diretamente ligado às comunidades de desenvolvedores que sempre trabalham duro para oferecer eventos regionais e nacionais para integração da comunidade bem como apresentar palestras e cursos visando aprimorar o conhecimento do pessoal.

O PHP Conference Brasil é o evento sobre PHP maior destaque no Brasil, o maior evento de PHP da América Latina e eu já tive o prazer de participar dele duas vezes como palestrante.

Apesar de não ser um evento criado por uma comunidade e sim por uma empresa (e não vejo nada negativo nisso), ele é apoiado pelas comunidades e até onde sei com envolvimento direto dessas no apoio ao conteúdo que será apresentado no evento. Resumindo: Vale a pena ir caso seja possível.

Resumindo, nenhuma tecnologia cresce quando não há a convergência dela com a comunidade e eventos, e isso o PHP faz excelentemente bem.

Aonde PHP pode ser usado

  • CLICommand Line Interface – Interface de Linha de Comando.
  • WEB – Desenvolvimento de projetos WEB de todos os tipos (sites, sistemas, API, serviços, etc.).
  • Desktop – Desenvolvimento Desktop com PHP-GTK.

Para finalizar …

PHP atualmente não é somente uma linguagem de programação e sim uma plataforma que conta com um ecosistemas forte e eficiente que leva o PHP para um nível muito alto, contrariando todos que dizem que não vale a pena aprende-lo ou críticas do gênero.

Obviamente nada é perfeito e naturalmente PHP pode possuir suas deficiências mas como pode ser observado no histórico das versões lançadas, sempre buscou-se aperfeiçoar a linguagem e a plataforma como um todo e é isso que todos nós programadores PHP atualmente estamos aguardando com a versão 7.

Gostaria de saber sua opinião a respeito, que tal deixar um comentário?

Se você gostou deste artigo, ajude seus amigos e recomende-o.

Quer receber novidades em primeira mão por e-mail? Preencha o formulário abaixo.

Não se preocupe, eu odeio SPAM mais do que você



Referências:

Adler Medrado

Eu sou um programador e consultor independente que vive em Guarapuava, Paraná, Sul do Brasil, de onde trabalho remotamente principalmente usando PHP, apesar de conhecer diversas outras tecnologias. Sou marido e pai que busca viver uma vida simples e justa com minha família. Eu também sou um entusiasta de open-source, Zend Certified Engineer para PHP 5, PHP 5.3 e Zend Framework.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookLinkedInGoogle PlusYouTube

Por que usar PHP?
Tagged on:                 

8 thoughts on “Por que usar PHP?

  • 15 de novembro de 2015 at 14:52
    Permalink

    Muito bom. Professor bom artigo para convencer a usar PHP. Teremos o prazer de vê-lo em vídeo?

    Reply
    • 17 de novembro de 2015 at 11:33
      Permalink

      Obrigado Arthur.
      Olha, eu tenho alguns planos nesse sentido, só preciso organizar melhor o meu tempo aqui para poder fazer.

      Abraço.

      Reply
  • 17 de novembro de 2015 at 11:02
    Permalink

    Adler, como sempre você causa impacto na comunidade php. Literalmente tu é um mito.

    Reply
    • 17 de novembro de 2015 at 11:34
      Permalink

      Hehehe.
      Que isso… sou ninguém.

      Mas fico feliz que você tenha gostado.

      Abração.

      Reply

Deixe uma resposta